Museus e Arte

Hans Dahl, pinturas e biografia

Hans Dahl, pinturas e biografia

Na história da Noruega, existem muitos artistas talentosos que glorificaram seu distante país do norte. Seu legado criativo deixou paisagens maravilhosas e pinturas significativas de gênero.

Por sua vida longa e frutífera, e ele viveu por 88 anos, o artista sofreu muitas revoltas e mudanças diferentes. Chegou numa época em que o mundo foi abalado por guerras e os territórios dos estados foram redesenhados como se fossem mágicos. Isso aconteceu com sua terra natal. Ele nasceu em Granvin. Agora a cidade está localizada no oeste da Noruega e, naquela época, fazia parte da Suécia.

Hans demonstrou cedo seus talentos artísticos e se tornou um mestre totalmente formado com seu estilo criativo aos 16 anos. Mas, em tenra idade, ele não conseguiu uma educação completa como artista. Isso aconteceu apenas após seu serviço no exército da Suécia.

Para reforçar sua capacidade artística, Dahl partiu para a Alemanha em 1873, o então centro de arte. Em Karlsruhe, ele estudou artesanato com Wilhelm Rifstahl e Hans Fredrik Goode. Sua educação foi continuada em Dusseldorf.

Posteriormente, Hans Dahl tornou-se um dos representantes proeminentes da Escola de Arte de Dusseldorf. Suas telas glorificam a beleza da natureza de suas terras nativas, seus espaços abertos e paisagens mutáveis ​​incríveis. Existem altas montanhas rochosas, vastas costas marítimas, florestas verdes e campos férteis.

As pinturas do artista têm muitos espaços abertos do mar limpo, bem como imagens de cidadãos noruegueses comuns, geralmente em trajes nacionais brilhantes e memoráveis. As obras do mestre são distinguidas por uma maneira reconhecível de escrever, cores profundas e expressivas, combinações ricas e combinações espetaculares. Ao mesmo tempo, o estilo de escrita é muito realista, as imagens são nítidas e volumosas e as pinturas parecem cheias de ar norueguês fresco e limpo.

Imagem Dahl particularmente bem gerida do mar. Suas ondas são reais, vivas, em movimento. Esta não é uma imagem estática - a massa translúcida de água é retratada de forma tão realista que parece que você sente uma oscilação nas ondas de uma só vez na imagem.

O artista sobreviveu à Primeira Guerra Mundial e morreu na velhice às vésperas de um novo desastre, em 1937.


Assista o vídeo: Art: Hans Dahl, Norwegian painter 1849-1937 Edward Grieg Peer Gynt (Setembro 2021).